Seminários e Teses

Próximos- Anteriores-
Esta semana (de 27/09 a 03/10)
Dissertação de Mestrado
02/10
Desenvolvimento e validação de um modelo para um sistema de refrigeração com nanolubrificante POE-diamante e refrigerante R410A
José Eduardo Sanson Portella de Carvalho, PUC-Rio

Data: 02/10/2020 às 14h e 0min
Local: por acesso remoto

Área de Concentração: Termociências

Resumo

O setor da refrigeração possui um papel essencial e crescente na economia global, com um aumento na quantidade de sistemas operantes. A necessidade de desenvolver novos refrigerantes tem sido cada vez mais frequente, a fim de atender a legislações ambientais cada vez mais rigorosas. Igualmente, medidas envolvendo a introdução de novos materiais, como os nanofluidos, tem sido uma constante. Neste trabalho, um sistema de refrigeração usando uma mistura nanolubrificante POE-diamante e refrigerante R410A foi simulado. Dados experimentais cedidos pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) foram usados para a elaboração e validação do modelo. O simulador utiliza a equação de Peng-Robinson para o cálculo das propriedades termodinâmicas e o método de fronteira móvel para a modelagem dos trocadores. O impacto das nanopartículas em relação aos parâmetros críticos foi avaliado a partir do princípio do isomorfismo e da natureza de ambos os materiais: fluido base e nanopartículas. A convergência da simulação do ciclo de refrigeração foi obtida com o método do simplex modificado mostrou-se adequado para tal aplicação, apresentando convergência satisfatória em todos os casos. As temperaturas de evaporação, condensação e de descarga do compressor são obtidas a partir das condições de operação do compressor, dos dois fluidos de transferência de calor, do grau de superaquecimento no evaporador e também do grau de subresfriamento no condensador. Superfícies de resposta foram criadas a fim de avaliar o efeito de cada uma das variáveis (temperatura de evaporação, frequência do compressor e concentração de nanopartículas) utilizadas no estudo s do coeficiente de performance (COP), da capacidade frigorífica e da potência do compressor. A temperatura de evaporação possui um impacto significativo sobre a capacidades frigorífica e o COP, enquanto que a potência é mais afetada pela frequência do compressor. A concentração de nanopartícula, apesar de possuir um efeito mais atenuado, não deve ser desprezada, devido à modificação que causa sobre as propriedades termofísicas da mistura.

 


Dissertação de Mestrado
02/10
Estimativa de Parâmetros de Reservatórios de Petróleo a Partir de Modelo Transiente não Isotérmico
Willer Planas Gonçalves, PUC-Rio

Data: 02/10/2020 às 09h e 0min
Local: por acesso remoto

Área de Concentração: Petróleo e Energia

Resumo

Tradicionalmente, os testes de formação em poços de petróleo buscam caracterizar o campo de permeabilidades a partir da interpretação dos transientes de pressão (PTA) nos períodos de fluxo e estática baseados em modelos isotérmicos de escoamento em meios porosos. Com o avanço da instrumentação dos testes, registros mais precisos de temperatura passaram a estar disponíveis e fomentaram a pesquisa baseada em modelos não isotérmicos que possibilitaram a análise a partir dos transientes de temperatura (TTA). Além da caracterização de parâmetros do reservatório como permeabilidade e porosidade com a interpretação dos transientes de temperatura, os dados de pressão obtidos a partir de um modelo não isotérmico representa de forma mais fidedigna o fenômeno físico sobretudo quando os testes são submetidos a maiores diferenciais de pressão. Este trabalho consiste no desenvolvimento de um simulador para teste de formação que considera a modelagem não isotérmica de reservatório unidimensional radial acoplado a um poço produtor e na utilização deste simulador, associado a métodos de otimização multivariável, para resolução do problema inverso da caracterização de parâmetros do reservatório. Alguns métodos de otimização foram testados e o algoritmo do Simplex de Nelder-Mead apresentou melhor eficácia. Foram estabelecidos três tipos de problemas e utilizados em três casos hipotéticos considerando inclusive a imposição artificial de ruídos nos sinais de pressão e temperatura utilizados para resolução do problema inverso.

 


Próxima semana (de 04/10 a 10/10)
Dissertação de Mestrado
05/10
Efeito da Degradação do Solo na Fadiga de Cabeças de Poço Submarinas
Rafael Dias, PUC-Rio

Data: 05/10/2020 às 15h e 0min
Local: por acesso remoto

Área de Concentração: Petróleo e Energia

Resumo

A perfuração de poços marítimos em águas profundas e ultra-profundas é feita por sondas de perfuração flutuantes, que se conectam ao poço no leito marinho por meio do riser de perfuração. Essa conexão transmite esforços dinâmicos para a cabeça de poço e revestimentos, provocando fadiga nessa estrutura.
Levantou-se a hipótese de que as características dinâmicas do sistema mudam quando há aplicação de um carregamento elevado devido à deriva da sonda após um blackout, alterando o dano acumulado por fadiga.
A primeira etapa do trabalho envolveu a simulação estática deste carregamento extremo em um modelo solo-estaca em elementos finitos 3D. Com base nos resultados obtidos, realizou-se uma análise dinâmica para dois tipos de solo diferente, e para duas lâminas d’água diferentes.
Concluiu-se que o solo menos rígido sofre pouca influência sobre o dano acumulado, enquanto que para o solo mais rígido aumenta-se em cerca de 50% o dano percebido. A fadiga acumulada em lâmina d’água maior foi ordens de grandeza menor que para a lâmina d’água mais rasa.

Link da defesa:
https://puc-rio.zoom.us/j/98755219830?pwd=cWNkdFJpT1pWZW5leFREcnZ1VkYydz09

ID da reunião: 987 5521 9830
Senha de acesso: 447078